Pastoral da Terra e MST incendeiam o país


06/10/2004

Gregório Vivanco Lopes

Um livro para o momento atual

Sucedem-se as invasões de terras, vão crescendo as de prédios urbanos, e cada vez se torna mais clara a ação – ao lado e por detrás do MST – da “esquerda católica”. Trata-se da CPT, do CIMI, do que restou das CEBs, tantas vezes com o aval da CNBB. As Pastorais e o MST incendeiam o Brasil e já se faz presente a ameaça da revolução social e mesmo da guerrilha.

De momento, o alvo preferencial contra o qual se atiram as invasões é o agronegócio, base da economia nacional. É o que denuncia com farta documentação este pequeno livro promovido pela Associação dos Fundadores, que tem por autor o escritor e advogado Gregorio Vivanco Lopes, discípulo de Plinio Corrêa de Oliveira, colaborador assíduo de revistas e jornais.

Seu título, já nos informa o conteúdo: “Pastoral da Terra e MST incendeiam o País” (Editora Cruz de Cristo, São Paulo, 2004, formato 15x20 cm, 60 páginas). É o primeiro da Coleção “Em Defesa do Agronegócio”. Trata-se de por a nu essa investida demolidora, que nos quer arrastar à sociedade sem classes dos utopistas e marxistas. E que tem ligações com as guerrilhas existentes em nações sul-americanas, especialmente as FARC da Colômbia.

A documentação do livro serve de base a um Apelo ao Papa João Paulo II, a fim de que ele intervenha o quanto antes e impeça o prosseguimento dessa caminhada da “esquerda católica” rumo ao abismo.

Caso queira receber por email o texto completo, clique aqui

Topo da Página

 

 

 

 

 

 
Leia Também
Nobreza e elites tradicionais análogas
TRIBALISMO INDÍGENA
30 anos depois
Trabalho escravo, nova arma contra a propriedade privada
REVOLUÇÃO E CONTRA- REVOLUÇÃO
Kamikaze
Acordo com o regime comunista